DIAMANTE BICHENOW
Classificação Ciêntifica
REINO
Animalia
FILO
Chordata
CLASSE
Aves
ORDEM
Paseriformes
FAMÍLIA
Estrididae
GÊNERO
Taeniopygia
ESPÉCIE
bichenovii
SUB-ESPÉCIE
----

NOMES
LATIN
TAENIOPYGIA BICHENOVII POEPHILA BICHENOVII
PT
DIAMANTE BICHENOW
EN
DOUBLE BAR FINCH
BICHENO'S FINCH
FR
DIAMANT DE BICHENOV
SP
PINZÓN DE DOS BARRAS
NL
BICHENOW-ASTRILD
DK
RINGELASTRILD
IT
DIMANTE DI BICHENOW
Copyright © PEDRO OLIVEIRA - Exotic finches breeder
Mutações
PASTEL
Ligada ao sexo
PRATA
-----
MALHADO
PANACHÉ
------
Mutação Pastel
normal
X
pastel
50% macho portadores pastel
50% fêmeas normais
pastel
X
normal
50% macho portadores pastel
50% fêmeas pastel
portador pastel
X
pastel
25% macho pastel
25% macho portadores pastel
25% fêmeas pastel
25% fêmeas normais
portador pastel
X
normal
25% macho portadores pastel
25% macho normais
25% fêmeas pastel
25% fêmeas normais
pastel
X
pastel
50% macho pastel
50% fêmeas pastel
Genética
O diamante Bichenow tem aproximadamente 9 cm de comprimento, é uma ave muito pequena.
Em estado selvagem vive na australia.
Em cativeiro, o diamante Bichenow, no inverno, não deve ter temperaturas inferiores a 10ºC.
A Alimentação desta ave deve ser composta por uma mistura de alpista, milho painço, milho-alvo branco, milho-alvo japonês; frutas (maça, cenoura, laranja, etc.), legumes (pepino, couves, alface, etc.); alimento vivo (bicho búfalo, bicho da farinha); papa de ovo; de vez em quando também se pode dar sementes germinadas.
A criação desta espécie é relativamente fácil.
A fêmea põe em media 4 a 5 ovos, que eclodem após 13 a 14 dias.
Porto - Portugal - Tlm.: +351 965640824 Tlm. TAG: +351 934467982 - pedro.oli@criavexotic.com - MSN: pedro.oli@apoli.mail.pt
Fatbirder's Top 500 Birding Websites
Best Site Ornitologico Best Bird Sites - Bird Topsites
Fischerlovebird Top Site List
Hier gehts zur neuen  50 Topliste

TopSiteList
free counters
TopSites Canaricultura Tuga Hier gehts zur Topliste
TOPSITES - AVESPT.COM
TOP ORNITHO
utilizadores online
Adicionar aos Favoritos
stat counter
Get a free stat counter here.

visitante



Poephila bichenovii – A mini coruja dos exóticos

Roque Rafael de Moraes
Ornitólogo – Juiz OBJO/FOB
Revista Brasil Ornitológico 69

BICHENOV (Poephila bichenovii)- A mini coruja dos exóticos.
Este pequeno pássaro exótico australiano com apenas aproximadamente 10 centímetros de comprimento, apesar de não ser muito colorido, tem áreas de marcação tão únicas que tem despertado grande interesse pelos amantes criadores dos pequenos exóticos.
Visto de frente, uma faixa preta contorna um desenho com formato de coração que molda sua pequena face de fundo branco e também delimita a divisão de seu peito branco com o ventre de cor bege o que nos conduz a imagem de uma miniatura de coruja.
            Suas asas elegantemente moldadas mostram penas pretas incrustadas de pontinhos brancos que se parece com diamantes e contrastam com seu dorso cinzento amarronzado.
O dimorfismo entre machos e fêmeas é praticamente inexistente, embora alguns machos possam apresentar as regiões do peito e pescoço mais escuras e a faixa peitoral ligeiramente mais larga, por estas diferenças não serem constantes, o sexo dos Bichenovs deve ser normalmente definido observando seu comportamento vocal, ou seja, machos cantam e fêmeas não.
Agrupados em colônia de machos e fêmeas numa mesma gaiola os machos adultos podem ser identificados pelo seu canto, pois dessa forma tentarão se mostrar para as fêmeas e se impor perante outros machos. Podemos também determinar o sexo dos Bichenovs adultos, removendo um exemplar para uma gaiola individual e observar, normalmente os machos cantam para se comunicar com os exemplares que ficaram na colônia.
Os Bichenovs não devem ser mantidos só em uma gaiola, eles são muito sociáveis e desenvolvem laços de parceria muito fortes e duradouros. Normalmente podemos observar pares ou grupos que ficam aconchegados juntos no mesmo poleiro durante o dia e gostam de dormirem juntos dentro do mesmo ninho à noite. Gostam de construir ninhos especiais com interior bem macio e iluminado para essa finalidade.
Os Bichenovs são geralmente pássaros muito companheiros e pacíficos que podem viver tranquilamente em pequenos grupos ou até misturados em casais com outros pássaros de pequeno porte.
Durante a fase de reprodução os Bichenovs, no entanto, são territorialistas e defendem seus ninhos e até mesmo tentam dominar todo ambiente de uma colônia, expulsando qualquer pássaro intruso, porém raramente travam combates sérios, na verdade são facilmente intimidados o que nos leva a concluir que não devem ser alojados com espécies maiores para não viverem constantemente sobre intenso stress.
Os Bichenovs se comunicam através de chamados e cantos, eles mantém contato com seus companheiros usando pequenas notas de chamado que consistem geralmente de duas notas seqüenciais que são facilmente ouvidas por outro pássaro a uma grande distância.
No entanto quando estão juntos, suas notas de chamados são menores e mais suaves. Já para chamar o parceiro para o ninho a nota utilizada é de tom alto e forte e esse chamado é rotineiro após a formação do casal a partir de onde começam a dormir juntos em seu ninho.
Com o casal formado, o macho começa a apresentar junto com seu canto pequenas performances de cortejo que vão evoluindo com o tempo e incluindo novos elementos ao cortejo como estufamentos das penas, pequenos balanços e batidas de bico no poleiro e saltitando em direção à fêmea faz a reverência e a fêmea eventualmente responde mexendo seu rabo.
Os Bichenovs normalmente escolhem seus parceiros entre os adultos não acasalados e quando existe quantidade para essa seleção formam-se excelentes casais reprodutores.
Os melhores casais são formados em voadeiras onde são colocados vários elementos jovens que crescem juntos dormindo em grupo no mesmo ninho.
O ninho para reprodução em viveiros normalmente tem o formato esférico e é mais elaborado e volumoso que seu ninho de dormir e gostam de construí-Io com gramíneas finas, raízes finas e secas e fibras de coqueiro e às vezes forram seu interior com penas, também utilizam em viveiros ou gaiolas ninhos tipo caixa fechada, que devem ter as dimensões mínimas de 10 x 10 x 10 centímetros.
As fêmeas geralmente põem de quatro a cinco pequenos ovos brancos, que os progenitores chocam alternadamente e que eclodem após doze a treze dias de choco.
Alguns Bichenovs são pais dedicados do choco ao desmame, porém se houver necessidade utilize os manons como ama.
Durante o crescimento dos filhotes deve se fornecer aos pais além de uma boa mistura de sementes variadas e selecionadas para pássaros de pequeno porte, também uma farofa composta de farinhada com variedades de cereais, ovos cozidos, verduras, cenoura ralada e quando disponível e segura sementes germinadas que substituem as sementes maduras e tenras de gramíneas que são consumidas na natureza.
Não deixar faltar como fonte de minerais e cálcio, o osso de siba e farinha de ostras miúda.
E muito importante fornecer uma dieta rica em proteínas, vitaminas e minerais.
Também podemos oferecer pequenas larvas como fonte de proteína animal.
Apesar de não ser difícil cuidar dos Bichenovs devemos ter todo cuidado, eles não suportam frio e umidade excessivos, os mesmos são mais delicados que os resistentes Mandarins (Poephila (taeniopygia) guttata).